Antônio Lopes: recordista em títulos na comissão técnica do time profissional do Vasco da Gama (24 conquistas, 20 como técnico)

Como preparador físico (4 conquistas):

Campeão do Brasileiro: 1974;

Campeão da Taça Guanabara de 1976;

Campeão da Taça Guanabara de 1977;

Campeão do Carioca: 1977

Como técnico (20 conquistas):

Campeão da Libertadores da América: 1998;

Campeão do Brasileiro: 1997;

Campeão do Rio São Paulo: 1999;

Campeão do Carioca: 1982, 1998, 2003;

Campeão da Taça Guanabara: 1986, 1998, 2003;

Campeão da Taça Rio: 1998, 1999, 2003;

Campeão da Taça Ney Cidade Palmeiro (segundo turno): 1981;

Campeão do Terceiro Turno do Carioca: 1997;

Campeão do Torneio Ilha de Funchal (Portugal): 1981;

Campeão do Torneio Internacional (Uruguai): 1982;

Campeão do Torneio Internacional do Gabão 1991;

Campeão do Torneio de Bérgamo (Itália): 1997;

Campeão do Torneio João Castelo/MA: 1982;

Campeão do Torneio de Juiz de Fora/MG: 1986.

Zagallo, tetracampeão mundial: 2 passagens como técnico do Vasco da Gama

Zagallo, um dos maiores jogadores e também treinadores da história do Brasil, foi tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira, nos anos de 1958 (como jogador), 1962 (como jogador), 1970 (como técnico) e em 1994 (como auxiliar técnico). Treinou o Vasco da Gama no período de 1980/1981 e 1990/1991, conquistando 4 títulos como técnico do Gigante da Colina.

Títulos de Zagallo como técnico do Vasco da Gama:

Taça Gustavo de Carvalho (AM): 1980,

Troféu Colombino (Espanha): 1980,

Torneio João Havelange (MG): 1981,

Taça Adolpho Bloch (RJ): 1990.

9 jogos consecutivos fazendo gols: melhores sequências de jogadores do Vasco da Gama

Russinho: 9 jogos consecutivos fazendo gols (ano: 1931), um total de 14 gols;

Alvinho: 9 jogos consecutivos fazendo gols (ano: 1954): um total de 13 gols,

Ademir de Menezes: 9 jogos consecutivos fazendo gols (ano: 1945): um total de 12 gols;

Romário: 9 jogos consecutivos fazendo gols (ano: 2000): um total de 12 gols.

Sequência de gols de Russinho:

09/06/1931 – Amistoso (Vasco 5 x 6 Seleção da Bahia): Russinho (4 gols),

11/06/1931 – Amistoso (Vasco 3 x 1 Seleção de Pernambuco): Russinho (2 gols),

28/06/1931 – Amistoso (Vasco 2 x 3 Barcelona/Espanha): Russinho (1 gol),

29/06/1931 – Amistoso (Vasco 2 x 1 Barcelona/Espanha): Russinho (1 gol),

05/07/1931 – Amistoso (Vasco 1 x 2 Celta de Vigo/Espanha): Russinho (1 gol),

07/07/1931 – Amistoso (Vasco 7 x 1 Celta de Vigo/Espanha): Russinho (1 gol),

12/07/1931 – Amistoso (Vasco 5 x 0 Benfica/Portugal): Russinho (2 gols),

15/07/1931 – Amistoso (Vasco 4 x 2 Combinado de Lisboa/Portugal): Russinho (1 gol),

19/07/1931 – Amistoso (Vasco 3 x 1 Porto/Portugal): Russinho (1 gol).

Sequência de gols de Alvinho:

14/01/1954 – Carioca (Vasco 2 x 3 Fluminense): Alvinho (1 gol),

17/01/1954 – Amistoso (Vasco 2 x 0 Seleção da Bahia): Alvinho (1 gol),

24/01/1954 – Amistoso (Vasco 3 x 2 Americano): Alvinho (1 gols),

01/02/1954 – Amistoso (Vasco 2 x 0 Saprissa/Costa Rica): Alvinho (2 gols),

03/02/1954 – Amistoso (Vasco 1 x 1 Herediano/Costa Rica): Alvinho (1 gol),

07/02/1954 – Amistoso (Vasco 4 x 0 Comunicaciones/Guatemala): Alvinho (3 gols),

14/02/1954 – Amistoso (Vasco 3 x 3 Puebla/México): Alvinho (1 gol);

21/02/1954 – Amistoso (Vasco 5 x 2 Tampico/México): Alvinho (1 gol),

25/02/1954 – Amistoso (Vasco 5 x 1 Necaxa/México): Alvinho (2 gols).

Sequência de gols de Ademir de Menezes:

06/05/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 6 x 1 São Cristóvão): Ademir de Menezes (1 gol),

13/05/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 5 x 1 Flamengo): Ademir de Menezes (1 gol),

20/05/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 6 x 0 Bonsucesso): Ademir de Menezes (3 gols),

23/05/1945 – Amistoso (Vasco 2 x 2 São Paulo): Ademir de Menezes (1 gol),

27/05/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 2 x 1 Canto do Rio): Ademir de Menezes (1 gol),

03/06/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 5 x 3 Botafogo): Ademir de Menezes (2 gols),

10/06/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 3 x 1 Madureira): Ademir de Menezes (1 gol),

17/06/1945 – Torneio Municipal RJ (Vasco 5 x 1 Fluminense): Ademir de Menezes (1 gol),

20/06/1945 – Amistoso (Vasco 2 x 0 São Paulo): Ademir de Menezes (1 gol).

Sequência de gols de Romário:

23/01/2000 – Rio São Paulo (Vasco 3 x 3 Palmeiras): Romário (2 gols),

27/01/2000 – Rio São Paulo (Vasco 2 x 1 Fluminense): Romário (2 gols),

30/01/2000 – Rio São Paulo (Vasco 1 x 0 Corinthians): Romário (1 gol),

05/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 1 x 2 Palmeiras): Romário (1 gol),

09/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 1 x 0 Fluminense): Romário (1 gol),

13/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 1 x 1 Corinthians): Romário (1 gol),

19/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 3 x 0 São Paulo): Romário (1 gol),

23/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 2 x 1 São Paulo): Romário (2 gols),

26/02/2000 – Rio São Paulo (Vasco 1 x 2 Palmeiras): Romário (1 gol).

A maior sequência de jogos consecutivos, na história do Vasco, diante de uma mesma equipe

Os 4 jogos seguidos do Gigante da Colina diante da equipe do Fluminense (a maior sequência de jogos consecutivos, na história do Vasco, diante de uma mesma equipe):

06/06/1993 – Carioca (Vasco 1 x 1 Fluminense),

10/06/1993 – Carioca (Vasco 2 x 0 Fluminense),

13/06/1993 – Carioca (Vasco 1 x 2 Fluminense),

16/06/1993 – Carioca (Vasco 0 x 0 Fluminense).

Maiores goleadores do Clássico dos Milhões (década de 2010)

Vágner Love (Flamengo): 5 gols,

Bruno Henrique (Flamengo): 5 gols,

Riascos (Vasco): 3 gols,

Diego Souza (Vasco): 3 gols,

De Arrascaeta (Flamengo): 3 gols,

Alecsandro (Flamengo/Vasco): 3 gols (2 pelo Flamengo e 1 pelo Vasco),

Yago Pikachu (Vasco): 2 gols,

Nenê (Vasco): 2 gols,

Gilberto (Vasco): 2 gols,

Rodrigo (Vasco): 2 gols,

Felipe (Vasco): 2 gols,

Gabriel Barbosa (Flamengo): 2 gols,

Willian Arão (Flamengo): 2 gols,

Éverton (Flamengo): 2 gols,

Paulinho (Flamengo): 2 gols,

Hernane (Flamengo): 2 gols,

Deivid (Flamengo): 2 gols,

Renato Abreu (Flamengo): 2 gols,

Danilo Barcelos (Vasco): 1 gol (contra);

Mádson (Vasco): 1 gol (contra),

Luiz Gustavo (Vasco): 1 gol (contra),

Thiago Martinelli (Vasco): 1 gol,

Cesinha (Vasco): 1 gol,

Rômulo (Vasco): 1 gol,

Nílton (Vasco): 1 gol,

Pedro Ken (Vasco): 1 gol,

Éder Luiz (Vasco): 1 gol,

Dakson (Vasco): 1 gol,

Willie (Vasco): 1 gol,

Fellipe Bastos (Vasco): 1 gol,

Douglas (Vasco): 1 gol,

Jorge Henrique (Vasco): 1 gol,

Rafael Silva (Vasco): 1 gol,

Rafael Vaz (Vasco): 1 gol,

Andrezinho (Vasco): 1 gol,

Wagner (Vasco): 1 gol,

Andrés Rios (Vasco): 1 gol,

Maxi López (Vasco): 1 gol,

Marrony (Vasco): 1 gol,

Tiago Reis (Vasco): 1 gol,

Leandro Castan (Vasco): 1 gol,

Marcos Júnior (Vasco): 1 gol,

Ribamar (Vasco): 1 gol,

Thiago Neves (Flamengo): 1 gol,

Adriano (Flamengo): 1 gol,

Ronaldinho Gaúcho (Flamengo): 1 gol,

Kleberson (Flamengo): 1 gol,

Marcos González (Flamengo): 1 gol,

Nixon (Flamengo): 1 gol,

Cléber Santana (Flamengo): 1 gol,

Rafinha (Flamengo): 1 gol,

Elano (Flamengo): 1 gol,

Márcio Araújo (Flamengo): 1 gol,

Émerson Sheik (Flamengo): 1 gol,

Marcelo Cirino (Flamengo): 1 gol,

Diego (Flamengo): 1 gol,

Berrio (Flamengo): 1 gol,

Vinícius Júnior (Flamengo): 1 gol,

Vitinho (Flamengo): 1 gol,

Éverton Ribeiro (Flamengo): 1 gol,

Gabriel Santana (Flamengo): 1