Expresso da Vitória (1944-1953): o maior elenco da história do futebol brasileiro e sulamericano (principais méritos)

1944: Campeão do Torneio Início, campeão do Torneio Relâmpago invicto e campeão municipal invicto;

1945: campeão do Torneio Início, campeão estadual invicto e campeão municipal invicto;

1946: Campeão do Torneio Relâmpago e campeão municipal invicto;

1947: campeão estadual invicto, campeão municipal e da Taça Centenários (Portugal);

1948: campeão do Torneio Início, do Torneio Gérson dos Santos Coelho e campeão sulamericano invicto (troféu condor e outros);

1949: campeão estadual invicto e base da seleção brasileira campeã sulamericana;

1950: campeão estadual e base da seleção brasileira vice-campeã mundial;

1951: terceiro colocado na Copa Rio Internacional (intercontinental);

1952: campeão estadual;

1953: campeão do Octogonal Rivadávia Corrêa Meyer (intercontinental), do Quadrangular Internacional do Rio de Janeiro, do Torneio de Santiago (Chile) e do Troféu Cinquentenário do Racing (Argentina).

O dia que o Vasco mostrou ser o campeão dos campeões do Brasil

Em 03/04/1955, antes de haver um campeonato brasileiro de clubes, o Vasco da Gama (maior vitrine futebolística nacional da época) foi convidado e venceu por 3 a 1 um amistoso (tira-teima) diante da Seleção Paulista, que recentemente havia sido campeã do Brasileiro de Seleções, em 1954. O Vasco mostrou ser o campeão dos campeões do Brasil de 1955.