A vez em que Vasco e Flamengo tiveram um mesmo treinador

Em 1922, o uruguaio Ramon Platero treinou ao mesmo tempo as equipes do Vasco da Gama e do Flamengo. O Flamengo disputava a Série A da Primeira Divisão do Estadual do Rio de Janeiro e o Vasco disputava a Série B da Primeira Divisão do Estadual do Rio de Janeiro e vinha em plena ascensão. Com o time da Cruz de Cristo, foi campeão da Série B da primeira divisão e com o Flamengo foi vice campeão da Série A da primeira divisão. No entanto, com as equipes do Vasco e do Flamengo disputando a Série A da Primeira Divisão no ano seguinte, em 1923, o treinador Ramon Platero não poderia continuar treinando as duas equipes, na mesma competição, aí teve de escolher em qual dos clubes daria sequência a sua carreira; e optou pelo Vasco, onde montou um time a seu estilo, equipe que ficou conhecida como a “máquina de vitórias”, vencendo, após o título de 1922 (Série B da Primeira Divisão do Estadual do Rio de Janeiro), também os campeonatos de 1923 e de 1924 (Série A da Primeira Divisão do Estadual do Rio de Janeiro), conquistando, dessa forma, a “Taça Constantino”, como reconhecimento à melhor equipe carioca dos anos de 1922 a 1924.