Clássico dos Milhões (maiores goleadores das décadas de 1920 à década de 2020, em andamento)

Maior goleador da década de 1920 (Clássico dos Milhões): Russinho (Vasco) (9 gols);

Maior goleador da década de 1930 (Clássico dos Milhões): Leônidas da Silva (Flamengo) (10 gols);

Maior goleador da década de 1940 (Clássico dos Milhões): Pirillo (Flamengo) (16 gols);

Maior goleador da década de 1950 (Clássico dos Milhões): Ademir de Menezes (Vasco) (11 gols);

Maior goleador da década de 1960 (Clássico dos Milhões): Célio Taveira (Vasco) (10 gols);

Maior goleador da década de 1970 (Clássico dos Milhões): Roberto Dinamite (Vasco) (19 gols);

Maior goleador da década de 1980 (Clássico dos Milhões): Bebeto (Flamengo) (12 gols);

Maior goleador da década de 1990 (Clássico dos Milhões): Edmundo (Vasco)(12 gols);

Maior goleador da década de 2000 (Clássico dos Milhões): Romário (Vasco) (9 gols);

Maior goleador da década de 2010 (Clássico dos Milhões): Vágner Love (Flamengo) (5 gols) e Bruno Henrique (Flamengo) (5 gols);

Maior goleador da década de 2020 (em andamento) (Clássico dos Milhões): Germán Cano (Vasco) (1 gol), Morato (Vasco) (1 gol), Léo Matos (Vasco) (1 gol), Talles Magno (Vasco) (1 gol), Bruno Henrique (Flamengo) (1 gol), Vitinho (Flamengo) (1 gol), Lucas Silva (Flamengo) (1 gol) e Léo Pereira (Flamengo) (1 gol).