Artilheiros do ano do Vasco (décadas de 1910/1920/1930)

Artilheiros do ano do Vasco (décadas de 1910/1920/1930):

1916: Moraes (4 gols);

1917: Amyres (9 gols),

1918: Antonico (6 gols),

1919: Aristides Esquerdinha (14 gols),

1920: Aristides Esquerdinha (10 gols),

1921: Pires (12 gols),

1922: Claudionor Bolão (14 gols),

1923: Negrito (11 gols),

1924: Russinho (24 gols),

1925: Russinho (24 gols),

1926: Russinho (34 gols),

1927: Russinho (22 gols),

1928: Russinho (29 gols),

1929: Russinho (31 gols),

1930: Russinho (20 gols),

1931: Russinho (33 gols),

1932: Mário Mattos (18 gols),

1933: Russinho (10 gols),

1934: Lamanna (21 gols),

1935: Luiz de Carvalho (20 gols),

1936: Luiz de Carvalho (17 gols),

1937: Feitiço (21 gols),

1938: Alfredo (20 gols),

1939: Villadóniga (15 gols).

Nas 3 primeiras décadas do futebol vascaíno, o grande destaque foi o jogador Russinho, artilheiro do Vasco nos anos de 1924, 1925, 1926, 1927, 1928, 1929, 1930, 1931 e 1933 (em 9 oportunidades). Nos anos de 1924 a 1933, Russinho só não foi o maior goleador do Vasco da Gama no ano de 1932. Caso tivesse sido o artilheiro vascaíno no ano de 1932, teria sido 10 vezes seguidas o artilheiro do Cruzmaltino.