As competições/torneios/disputas em que o Vasco mais venceu o Flamengo

Campeonato Carioca: 78 vitórias do Vasco;

Campeonato Brasileiro Série A: 18 vitórias do Vasco;

Partidas amistosas: 12 vitórias do Vasco;

Torneios Amistosos: 7 vitórias do Vasco;

Torneio Início do Estadual do Rio de Janeiro: 5 vitórias do Vasco;

Torneio Rio São Paulo: 4 vitórias do Vasco da Gama;

Torneio Municipal: 4 vitórias do Vasco;

Copa Rio de Janeiro: 3 vitórias do Vasco;

Torneio Relâmpago: 2 vitórias do Vasco;

Taça Guanabara (competição independente do Estadual/Carioca): 2 vitórias do Vasco;

Copa do Brasil: 1 vitória do Vasco;

Torneio Erasmo Martins Pedro: 1 vitória do Vasco;

Carioca/Rio São Paulo: 1 vitória do Vasco.

Os “campeonatos à parte”: as 138 vitórias do Vasco e os gols a favor do Gigante da Colina no Clássico dos Milhões (“Clássico dos Clássicos”)

29/04/1923 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (2 gols de Cecy e 1 gol de Negrito);

28/03/1926 (Torneio Início): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Tatu);

12/09/1926 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Torterolli e Claudionor Bolão);

15/05/1927 (Amistoso): Vasco 3 x 1 Flamengo (1 gol de Russinho e 2 gols de Paschoal);

03/05/1928 (Amistoso): Vasco 3 x 2 Flamengo (3 gols de Russinho);

03/06/1928 (Carioca): Vasco 3 x 0 Flamengo (gols de Paschoal, Américo e Russinho);

30/09/1928 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Américo e Paschoal);

10/03/1929 (Amistoso): Vasco 4 x 1 Flamengo (3 gols de Fausto e 1 gol de Mário Mattos);

14/07/1929 (Carioca): Vasco 3 x 2 Flamengo (3 gols de Mário Mattos);

27/10/1929 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Russinho);

14/09/1930 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Carlos Paes “84” e Russinho);

07/12/1930 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Ennes e Itália);

26/04/1931 (Carioca): Vasco 7 x 0 Flamengo (4 gols de Russinho, 2 gols de Mário Mattos e 1 gol de Santana);

18/10/1931 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Waldemar Vieira e Bahianinho);

17/04/1932 (Torneio Início): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Paschoal e Carlos Paes “84”);

01/10/1933 (Carioca/Rio São Paulo): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Bahianinho e Carnieri);

01/05/1934 (Carioca): Vasco 5 x 2 Flamengo (gols de Nena, Orlando, Gradim e Almir (2));

22/08/1937 (Amistoso): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Lindo e Feitiço);

22/05/1938 (Torneio Municipal): Vasco 5 x 3 Flamengo (gols de Luan (2), Orlando (2) e Orlando Fantoni);

04/09/1938 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Niginho);

13/11/1938 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Argemiro e Alfredo);

11/06/1939 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Orlando Fantoni);

30/06/1940 (Carioca): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Figliola, Alfredo e Lindo);

24/04/1941 (Amistoso): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Manuel Rocha, González e Villadóniga);

19/03/1944 (Torneio Relâmpago): Vasco 5 x 2 Flamengo (gols de Chico, Lelé (2), Djalma e Isaías);

26/03/1944 (Torneio Início): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Chico, Jair Rosa Pinto e Isaías);

26/08/1944 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Chico e Djalma);

13/05/1945 (Torneio Municipal): Vasco 5 x 1 Flamengo (2 gols de João Pinto, 1 gol de Ademir de Menezes, 1 gol de Santo Cristo e 1 gol de Berascochea);

16/09/1945 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Berascochea e Biguá (contra));

24/03/1946 (Torneio Relâmpago): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de João Pinto e Elgen);

19/05/1946 (Torneio Municipal): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Santo Cristo, Isaías e João Pinto);

06/10/1946 (Carioca): Vasco 4 x 3 Flamengo (gols de Isaías, Jair Rosa Pinto, Santo Cristo e Djalma);

19/07/1947 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Chico);

27/07/1947 (Torneio Início): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Maneca);

14/09/1947 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Dimas e Maneca);

30/11/1947 (Carioca): Vasco 5 x 2 Flamengo (2 gols de Friaça, 1 gol de Lelé e 2 gols de Maneca);

30/05/1948 (Torneio Municipal): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Ipojucan);

01/08/1948 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (2 gols de Ademir de Menezes e 1 gol de Dimas);

24/10/1948 (Carioca): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Chico, Dimas e Ademir de Menezes);

26/06/1949 (Torneio Início): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Ademir de Menezes);

21/08/1949 (Carioca): Vasco 5 x 2 Flamengo (gols de Danilo Alvim, Maneca (2), Nestor e Ipojucan);

13/11/1949 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Ademir de Menezes);

24/09/1950 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Ademir de Menezes e Alfredo dos Santos);

26/11/1950 (Carioca): Vasco 4 x 1 Flamengo (3 gols de Ipojucan e 1 gol de Alfredo dos Santos);

20/02/1952 (Rio São Paulo): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Ipojucan);

28/09/1952 (Carioca): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Edmur a Ademir de Menezes (2));

14/12/1952 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Ademir de Menezes);

03/02/1953 (Torneio Quadrangular Internacional do Rio): Vasco 5 x 2 Flamengo (gols de Chico, Ademir de Menezes (2) e Sabará (2));

02/10/1955 (Carioca): Vasco 3 x 0 Flamengo (Maneca, Sabará e Silvio Parodi);

18/03/1956 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Pinga);

08/05/1957 (Rio São Paulo): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Pinga);

20/12/1958 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Pinga e Almir Pernambuquinho);

04/09/1960 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Wilson Moreira);

26/11/1960 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Delém);

10/01/1961(Torneio Internacional Octogonal de Verão): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Azumir);

13/12/1961 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Javan e Viladônega);

21/01/1965 (Torneio IV Centenário do Rio de Janeiro): Vasco 4 x 1 Flamengo (2 gols de Célio e 2 gols de Saulzinho);

05/05/1965 (Rio São Paulo): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Célio);

25/08/1965 (Taça Guanabara): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Célio);

31/03/1966 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Célio);

19/01/1967 (Taça Rivadávia Correa Meyer): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Oldair e Morais);

10/05/1967 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Paulo Bim e Ney Oliveira);

22/07/1967 (Taça Guanabara): Vasco 4 x 3 Flamengo (gols de Luisinho, Oldair, Ney Oliveira e Brito);

11/11/1967 (Carioca): Vasco 4 x 0 Flamengo (gols de Álvaro, Danilo Menezes, Silva e Walfrido);

02/12/1967 (Carioca): Vasco 3 x 0 Flamengo (2 gols de Ney Oliveira e 1 gol de Danilo Menezes);

30/11/1968 (Brasileiro): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Nado e Walfrido);

09/08/1970 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Silva Batuta);

30/08/1970 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Walfrido);

21/04/1971 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Dé);

10/02/1973 (Torneio Erasmo Martins Pedro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Tostão);

22/07/1973 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Zanata e Gaúcho);

08/02/1975 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Edu e Zanata);

13/07/1975 (Carioca): Vasco 3 x 2 Flamengo (Luís Carlos, Roberto Dinamite e Luís Carlos (contra));

07/08/1975 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Moisés);

07/09/1975 (Brasileiro): Vasco 4 x 2 Flamengo (3 gols de Roberto Dinamite e 1 gol de Freitas);

21/11/1976 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Roberto Dinamite);

03/12/1976 (Torneio Quadrangular Heleno Nunes/ES): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Orlando, Luís Carlos e Abel);

13/02/1977 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Ramon e Dirceu);

24/04/1977 (Carioca): Vasco 3 x 0 Flamengo (gols de Zanata e Roberto Dinamite);

09/09/1979 (Carioca): Vasco 4 x 2 Flamengo (3 gols de Roberto Dinamite e 1 gol de Nélson (contra));

03/02/1980 (Torneio José Fernandes/AM): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Zandonaide);

17/05/1981 (Torneio João Havelange/MG): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Serginho Carioca);

29/11/1981 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Roberto Dinamite);

02/12/1981 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Roberto Dinamite);

20/11/1982 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Ernâni, Paulo César e Serginho Carioca);

05/12/1982 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Pedrinho Gaúcho);

05/10/1983 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Daniel González);

05/08/1984 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Geovani);

10/10/1985 (Carioca): Vasco 4 x 0 Flamengo (gols de Newmar, Roberto Dinamite, Romário e Silvinho);

20/04/1986 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Romário);

22/06/1986 (Amistoso): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Roberto Dinamite);

09/08/1987 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Tita);

08/05/1988 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Henrique);

12/06/1988 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (1 gol de Vivinho e 2 gols de Sorato);

19/06/1988 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Bismarck e Romário);

22/06/1988 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Cocada);

04/09/1988 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Sorato);

12/06/1989 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Roberto Dinamite e Paulo Roberto);

15/04/1990 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Bebeto e Sorato);

29/03/1992 (Brasileiro): Vasco 4 x 2 Flamengo (gols de Edmundo, Bebeto (2) e Flávio);

15/07/1992 (Copa Rio de Janeiro): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Júnior e Luís Cláudio);

11/04/1993 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Valdir);

23/05/1993 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Pimentel);

25/11/1993 (Copa Rio de Janeiro): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Valdir e França);

29/11/1993 (Copa Rio de Janeiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Júnior);

27/02/1994 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (1 gol de Yan e 2 gols de Valdir);

20/07/1996 (Amistoso): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Juninho Pernambucano, Válber e Vítor Pereira);

06/10/1996 (Brasileiro): Vasco 4 x 1 Flamengo (3 gols de Edmundo e 1 gol de Macedo);

03/07/1997 (Carioca) Vasco W x 0 Flamengo;

27/07/1997 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Pedrinho);

03/12/1997 (Brasileiro): Vasco 4 x 1 Flamengo (3 gols de Edmundo e 1 gol de Maricá);

17/05/1998 (Carioca): Vasco W x 0 Flamengo;

06/06/1999 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (2 gols de Edmundo);

03/10/1999 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Juninho Pernambucano);

23/04/2000 (Carioca): Vasco 5 x 1 Flamengo (gols de Felipe, Romário (3) e Pedrinho);

20/05/2001 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Viola e Juninho Paulista);

06/10/2001 (Brasileiro): Vasco 5 x 1 Flamengo (gols de Gilberto, Romário (3) e Euller);

10/03/2002 (Rio São Paulo): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Euller, André Leone e Souza);

25/03/2002 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Léo Macaé);

16/10/2002 (Brasileiro): Vasco 2 x 1 Flamengo (2 gols de Ramon Menezes);

21/03/2004 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Flávio (contra) e Alex Alves);

10/07/2004 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Petkovic);

24/10/2004 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Marco Brito);

22/10/2005 (Brasileiro): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Wagner Diniz e Romário);

19/03/2006 (Carioca): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Ygor e Morais);

16/07/2006 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Paulão);

26/10/2006 (Brasileiro): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Abedi, Leandro Amaral e Jean);

25/03/2007 (Estadual): Vasco 3 x 0 Flamengo (gols de Leandro Amaral, Abedi e Romário);

22/03/2009 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Élton e Jéferson);

22/04/2012 (Estadual): Vasco 3 x 2 Flamengo (gols de Éder Luís e Felipe (2));

19/04/2015 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Gilberto);

28/06/2015 (Brasileiro): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Riascos);

19/08/2015 (Copa do Brasil): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Jorge Henrique);

27/09/2015 (Brasileiro): Vasco 2 x 1 Flamengo (gols de Rodrigo e Nenê);

14/02/2016 (Carioca): Vasco 1 x 0 Flamengo (gol de Rafael Vaz);

24/04/2016 (Carioca): Vasco 2 x 0 Flamengo (gols de Andrezinho e Riascos);

15/04/2021 (Carioca): Vasco 3 x 1 Flamengo (gols de Léo Matos, Cano e Morato).

Os tripletes (hat-trick) dos jogadores vascaínos na história do Clássico dos Gigantes

04/09/1932: Carioca/Vasco 5 x 1 Fluminense (Orlando: 3 gols);

17/06/1945: Torneio Municipal (RJ)/ Vasco 5 x 1 Fluminense (Lelé: 3 gols);

06/04/1947: Amistoso/Vasco 4 x 5 Fluminense (Maneca: 3 gols);

05/10/1947: Carioca/Vasco 5 x 3 Fluminense (Dimas: 3 gols);

06/01/1951: Carioca/Vasco 4 x 0 Fluminense (Ipojucan: 3 gols);

04/05/1955: Rio São Paulo/Vasco 4 x 1 Fluminense (Sabará: 3 gols);

13/03/1958: Rio São Paulo/Vasco 6 x 1 Fluminense (Vavá: 4 gols);

13/04/1968: Carioca/Vasco 3 x 1 Fluminense (Ney Oliveira);

27/05/1979: Carioca/Vasco 4 x 1 Fluminense (Roberto Dinamite: 3 gols);

27/09/1981: Carioca/Vasco 3 x 2 Fluminense (Roberto Dinamite: 3 gols);

16/02/1985: Brasileiro/Vasco 5 x 3 Fluminense (Roberto Dinamite);

07/03/2004: Carioca/Vasco 4 x 0 Fluminense (Valdir Bigode: 3 gols);

17/02/2007: Carioca/Vasco 4 x 4 Fluminense (Leandro Amaral: 3 gols).

Jogadores vascaínos com mais tripletes (hat-trick) na história do Clássico dos Gigantes:

Roberto Dinamite: 3,

Orlando: 1,

Lelé: 1,

Maneca: 1,

Dimas: 1,

Ipojucan: 1,

Sabará: 1,

Vavá: 1,

Ney Oliveira: 1,

Valdir: 1,

Leandro Amaral: 1.

Morato, no nome lembra Sorato, no gol que fechou a vitória vascaína diante do Flamengo (em 15/04/2021), lembrou gol e comemoração de Edmundo em jogos diferentes pelo Vasco também diante do Flamengo

Em 15/04/2021, o Vasco abriu 3 x 0 no Flamengo com gol de Morato (embora depois o jogo tenha terminado em 3 a 1 para o Vasco), que desde a vitória vascaína sobre o Flamengo, pelo Campeonato Carioca, em 25/03/2007 (no gol 999 de Romário) não acontecia. O golaço de Morato lembrou um outro golaço vascaíno no Clássico dos Milhões, na vitória do Gigante da Colina por 4 a 2 pelo Campeonato Brasileiro, no dia 29/03/1992, em que Edmundo deu uma puxada para o lado direito para cima do zagueiro flamenguista Wilson Gottardo, que também foi ao chão, da mesma forma que o lateral Filipe Luis, no jogo de 15/04/2021. Já na vitória vascaína por 4 a 1 sobre a equipe rubro-negra, em 03/12/1997, pelo Campeonato Brasileiro, a comemoração da dança de Edmundo, balançando os braços, para um lado e para o outro, imitada por Morato, no jogo de 15/04/2021.

Os tripletes (hat-trick) dos jogadores vascaínos no Clássico da Amizade

11/10/1925: Carioca, Vasco 4 x 2 Botafogo (Russinho: 3 gols);

11/04/1926: Amistoso, Vasco 5 x 3 Botafogo (Russinho: 3 gols);

10/04/1927: Amistoso, Vasco 6 x 3 Botafogo (Russinho: 4 gols);

08/06/1941: Carioca, Vasco 5 x 3 Botafogo (Orlando: 3 gols);

15/08/1953: Carioca, Vasco 4 x 1 Botafogo (Maneca: 3 gols);

25/08/1974: Carioca, Vasco 3 x 2 Botafogo (Roberto Dinamite: 3 gols);

28/03/1988: Carioca, Vasco 4 x 3 Botafogo (Romário: 3 gols);

29/04/2001: Carioca, Vasco 7 x 0 Botafogo (Juninho Paulista: 3 gols);

22/01/2006: Carioca, Vasco 3 x 5 Botafogo (Romário: 3 gols);

24/01/2010: Carioca, Vasco 6 x 0 Botafogo (Dodô: 3 gols).

Jogadores vascaínos com mais tripletes (hat-trick) na história do Clássico da Amizade:

Russinho: 3,

Romário: 2,

Orlando: 1,

Maneca: 1,

Roberto Dinamite: 1,

Juninho Paulista: 1,

Dodô: 1.

Em versão brasileira dublada, Bart Simpson canta melodias de parte do “hino do Vasco” e um pedaço da música “vou torcer pro Vasco ser campeão”

O ator e dublador brasileiro Rodrigo Antas, torcedor do Gigante da Colina e ganhador do “Oscar da Dublagem” de “Melhor Dublador de Coadjuvante” em 2007, tornou vascaíno o personagem Bart Simpson, após o mesmo cantar, ao longo da série animada “Os Simpsons”, as melodias de partes de músicas ligadas ao Vasco da Gama, como o hino do clube e a música “vou torcer pro Vasco ser campeão”.

Os tripletes (hat-trick) dos jogadores vascaínos no Clássico dos Milhões

03/05/1928: Amistoso/Vasco 3 x 2 Flamengo (Russinho: 3 gols);

10/03/1929: Amistoso/Vasco 4 x 1 Flamengo (Fausto: 3 gols);

14/07/1929: Carioca/Vasco 3 x 2 Flamengo (Mário Mattos: 3 gols);

26/04/1931: Carioca/Vasco 7 x 0 Flamengo (Russinho: 4 gols);

26/11/1950: Carioca/Vasco 4 x 1 Flamengo (Ipojucan: 3 gols);

07/09/1975: Brasileiro/Vasco 4 x 2 Flamengo (Roberto Dinamite: 3 gols);

09/09/1979: Carioca/Vasco 4 x 2 Flamengo (Roberto Dinamite: 3 gols);

06/10/1996: Brasileiro/Vasco 4 x 1 Flamengo (Edmundo: 3 gols);

03/12/1997: Brasileiro/Vasco 4 x 1 Flamengo (Edmundo: 3 gols);

23/04/2000: Carioca/Vasco 5 x 1 Flamengo (Romário: 3 gols);

06/10/2001: Brasileiro/Vasco 5 x 1 Flamengo (Romário: 3 gols).

Jogadores vascaínos com mais tripletes (hat-trick) no Clássico dos Milhões:

Russinho: 2,

Roberto Dinamite: 2,

Edmundo: 2,

Romário: 2,

Fausto: 1,

Mário Mattos: 1,

Ipojucan: 1.