Com Tato e Tita, a taça do time da virada e da fuzarca (Vasco), no Brasileiro de 1989, depois de 15 anos sem uma conquista nacional

Carlos Alberto de Araújo Prestes “Tato” foi um dos grandes pontas da história do Vasco da Gama, tendo sido campeão do Brasileiro de 1989, no time que ficou conhecido como Selevasco e teve passagem também pela Seleção Brasileira.

Milton Queiroz da Paixão “Tita” foi um dos grandes meias da história do Gigante da Colina, tendo sido campeão do Brasileiro de 1989, ao lado de Tato, Bebeto, Bismarck, Acácio, Mazinho, Luís Carlos Winck, Mazinho e de tantos outros craques que formavam a Selevasco dirigida por Nelsinho Rosa. Tita também teve passagem pela Seleção Brasileira.