O mistério da Taça das Bolinhas e da Taça Jornal dos Sports

O Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas” seria entregue definitivamente ao primeiro time campeão brasileiro por três anos consecutivos ou que conquistasse a competição cinco vezes, de forma alternada. Da mesma forma, a Taça Jornal dos Sports, seria entregue definitivamente ao primeiro time campeão do Torneio Rio São Paulo por três anos consecutivos ou que conquistasse a competição cinco vezes, de forma alternada. O Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas” formado por esferas de ouro e prata e a Taça Jornal dos Sports, uma linda peça em prata. Por diversos motivos, a posse definitiva oficial dessas taças não ocorreu a nenhum clube. Ambas, ano a ano eram entregues de forma provisória e depois devolvidas, para serem erguidas pelo campeão do ano seguinte. O Vasco da Gama conquistou a Taça Jornal dos Sports do Torneio Rio São Paulo de 1958 e de 1966, de forma provisória, tendo sido a mesma disputada entre os anos de 1950 e 1966, não eram entregues réplicas da taça, mas em algumas edições foram entregues troféus secundários. Na edição de 1966, o título foi dividido com Botafogo, Corinthians e Santos. Já o Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas”, disputado entre 1975 e 1992, o Vasco da Gama conquistou o mesmo, também de forma provisória, no ano de 1989, recebendo, porém, uma réplica em miniatura. Houve também entrega de troféus secundários, como o de bicampeão brasileiro do Vasco.

Grandes craques da história do futebol brasileiro e gols pelo Vasco da Gama

Roberto Dinamite: 614 gols,

Romário: 319 gols,

Ademir de Menezes: 281,

Pinga: 252,

Russinho: 235,

Sabará: 167,

Lelé: 153,

Vavá: 148,

Valdir: 143,

Maneca: 142,

Edmundo: 137,

Chico: 129,

Friaça: 112,

Bismarck: 110,

Célio Taveira: 109,

Ipojucan: 102,

Ramon Menezes: 96,

Paschoal: 86,

Sorato: 84,

Saulzinho: 82,

Isaías: 79,

Válter Marciano: 78,

Juninho Pernambucano: 76,

Dé Aranha: 72,

Bebeto: 62,

Sant’Anna: 61,

Almir Pernambuquinho: 59,

Dimas: 55,

Livinho: 55,

Leandro Amaral: 51,

Geovani: 50,

Mário Tilico: 50,

Djalma: 41,

Luizão: 38,

Donizete: 37,

Tita: 35,

Viola: 32,

Zanata: 31,

Diego Souza: 30,

Juninho Paulista: 29,

Jair Rosa Pinto: 28,

Cláudio Adão: 27

Jardel: 26,

Tesourinha: 22,

Heleno de Freitas: 19,

Jorginho Carvoeiro: 18,

Marcelinho Carioca: 18,

Arturzinho: 16,

Mazinho: 16,

Zarzur: 14,

Fausto: 13,

Sonny Anderson: 13,

Mauro Galvão: 12,

Brito: 11,

Dodô: 11,

Evair: 11,

Assis: 10,

Danilo Alvim: 10,

Elói: 9,

Carvalho Leite: 8,

Donato: 8,

Paulo Cézar Caju: 7,

Tostão: 7,

Pelé: 6,

Luís Fabiano: 6,

Dener: 5,

Edílson: 5,

Philippe Coutinho: 5,

Leônidas da Silva: 4,

Dunga: 3,

Ricardo Rocha: 3,

Fontana: 2,

Amarildo: 1,

Bellini: 1,

Garrincha: 1,

Pepe: 1,

Telê Santana: 1