O mistério da Taça das Bolinhas e da Taça Jornal dos Sports

O Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas” seria entregue definitivamente ao primeiro time campeão brasileiro por três anos consecutivos ou que conquistasse a competição cinco vezes, de forma alternada. Da mesma forma, a Taça Jornal dos Sports, seria entregue definitivamente ao primeiro time campeão do Torneio Rio São Paulo por três anos consecutivos ou que conquistasse a competição cinco vezes, de forma alternada. O Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas” formado por esferas de ouro e prata e a Taça Jornal dos Sports, uma linda peça em prata. Por diversos motivos, a posse definitiva oficial dessas taças não ocorreu a nenhum clube. Ambas, ano a ano eram entregues de forma provisória e depois devolvidas, para serem erguidas pelo campeão do ano seguinte. O Vasco da Gama conquistou a Taça Jornal dos Sports do Torneio Rio São Paulo de 1958 e de 1966, de forma provisória, tendo sido a mesma disputada entre os anos de 1950 e 1966, não eram entregues réplicas da taça, mas em algumas edições foram entregues troféus secundários. Na edição de 1966, o título foi dividido com Botafogo, Corinthians e Santos. Já o Troféu Copa Brasil “Taça das Bolinhas”, disputado entre 1975 e 1992, o Vasco da Gama conquistou o mesmo, também de forma provisória, no ano de 1989, recebendo, porém, uma réplica em miniatura. Houve também entrega de troféus secundários, como o de bicampeão brasileiro do Vasco.

Jogadores da história do Vasco com nomes relacionados a estados ou cidades brasileiras

Maranhão,

William Maranhão,

Almir Pernambuquinho,

Juninho Pernambucano,

Bahia,

Baianinho,

Baiano,

Fabrício Baiano,

Júnior Baiano,

Marcelinho Carioca,

Marcelo Carioca,

Marquinho Carioca,

Rafael Carioca,

Serginho Carioca,

Bruno Paulista,

Jorginho Paulista,

Juninho Paulista,

Paulistinha,

Lucas Mineiro,

Gaúcho,

Pedrinho Gaúcho,

Nélson Curitiba,

Luiz Brasília (basquete).

Obs: à exceção de Luiz Brasília, os demais jogadores listados são do futebol vascaíno.

Grandes craques da história do futebol brasileiro e gols pelo Vasco da Gama

Roberto Dinamite: 708 gols,

Romário: 326 gols,

Ademir de Menezes: 301,

Pinga: 254,

Russinho: 225,

Ipojucan: 225,

Vavá: 191,

Sabará: 165,

Lelé: 147,

Valdir: 144,

Edmundo: 138,

Maneca: 137,

Chico: 129,

Friaça: 112,

Bismarck: 110,

Célio Taveira: 109,

Ramon Menezes: 96,

Paschoal: 86,

Sorato: 84,

Saulzinho: 82,

Isaías: 79,

Válter Marciano: 78,

Juninho Pernambucano: 76,

Dé Aranha: 72,

Bebeto: 62,

Sant’Anna: 61,

Almir Pernambuquinho: 59,

Dimas: 55,

Livinho: 55,

Leandro Amaral: 51,

Geovani: 50,

Mário Tilico: 50,

Djalma: 41,

Luizão: 38,

Donizete: 37,

Tita: 35,

Viola: 32,

Zanata: 31,

Diego Souza: 30,

Juninho Paulista: 29,

Jair Rosa Pinto: 28,

Cláudio Adão: 27

Jardel: 26,

Tesourinha: 22,

Heleno de Freitas: 19,

Jorginho Carvoeiro: 18,

Marcelinho Carioca: 18,

Arturzinho: 16,

Mazinho: 16,

Zarzur: 14,

Fausto: 13,

Sonny Anderson: 13,

Mauro Galvão: 12,

Brito: 11,

Dodô: 11,

Evair: 11,

Assis: 10,

Danilo Alvim: 10,

Elói: 9,

Carvalho Leite: 8,

Donato: 8,

Paulo Cézar Caju: 7,

Tostão: 7,

Pelé: 6,

Luís Fabiano: 6,

Dener: 5,

Edílson: 5,

Philippe Coutinho: 5,

Leônidas da Silva: 4,

Dunga: 3,

Ricardo Rocha: 3,

Fontana: 2,

Amarildo: 1,

Bellini: 1,

Garrincha: 1,

Pepe: 1,

Telê Santana: 1