Dos 10 maiores goleadores do Palmeiras no século XXI, 4 jogaram, ao longo da carreira, pelo Vasco

Eduardo Pereira Rodrigues “Dudu”: 71 gols,

William Bigode: 66 gols,

Vágner Love: 54 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco, no Sub-14, Sub-15, Sub-16),

Valdivia: 41 gols,

Kleber Gladiador: 39 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Diego Souza: 38 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Alex Mineiro: 37 gols,

Borja: 36 gols,

Edmundo: 35 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Rafael Veiga: 35 gols.

Times com mais de 100 gols de saldo positivo na história da Copa do Brasil de Futebol Masculino Profissional

Flamengo: 167 gols (saldo positivo),

Palmeiras: 153 gols (saldo positivo),

Cruzeiro: 146 gols (saldo positivo),

Grêmio: 146 gols (saldo positivo),

Atlético (MG): 134 gols (saldo positivo),

Santos (SP): 130 gols (saldo positivo),

Vasco (RJ): 130 gols (saldo positivo),

São Paulo (SP): 123 gols (saldo positivo),

Internacional (RS): 119 gols (saldo positivo),

Corinthians (SP): 111 gols (saldo positivo),

Fluminense (RJ): 109 gols (saldo positivo).

Dos 8 maiores goleadores do Botafogo no século XXI, a metade jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco

Dodô: 90 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Lúcio Flávio: 64 gols,

Loco Abreu: 63 gols,

Germán Herrera: 51 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Alex Alves: 34 gols,

André Lima: 34 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco),

Sassá: 34 gols,

Rodrigo Pimpão: 28 gols (jogou, ao longo da carreira, pelo Vasco).