As taças marítimas da sala de troféus do Vasco

“Taça Viking” (a reprodução de um barco escandinavo, conquistada após vencer o Torneio IV Centenário do Rio de Janeiro de 1965, com uma vitória sobre o Flamengo por 4 a 1, na final, no dia 21/01/1965, tendo derrotado anteriormente, na semifinal, a Seleção da Alemanha Oriental por 3 a 2, no dia 18/01/1965).

“Troféu Colombino” (conquistado após vencer o torneio disputado na Espanha, no ano de 1980, tem o formato de uma caravela).

As duas taças, em formato de barco e de caravela, têm tudo a ver com a história marítima do navegador português, que descobriu o caminho para as Índia, Vasco da Gama, que dá nome ao clube carioca, um dos mais tradicionais do futebol mundial, que foi de navio, nas suas primeiras excursões internacionais, na década de 1930 e de 1940, cruzando o atlântico, para encantar a europa, por exemplo, com o seu futebol bem jogado.