Selevasco dos “Camisas Negras” de todos os tempos

Seleção do Vasco formada apenas por jogadores negros, com tantos gênios da bola que fica impossível imaginar como seria navegar pela história do Gigante Cruzmaltino sem que esses grandes jogadores tivessem desfilado os seus talentos jogando pelo Clube da Colina, por conta de quaisquer preconceitos raciais, pelos quais o futebol já passou, mas que foram enfrentados e vencidos, sendo o Clube de Regatas Vasco da Gama pioneiro na luta pela igualdade de direitos, independentemente da condição econômica ou da cor.

Goleiros: Nélson, Barbosa, Hélton

Laterais: Marco Antônio, Lira, Pimentel, Zé Maria, Jorginho Paulista, Jorge, Cássio, Mazinho, Gilberto

Zagueiros: Domingos da Guia (“Domingada”), Quinonez (“cabeleira”), Célio Silva, Odvan (“zagueiro zagueiro”), Dedé (“Dedeckenbauer”), Jaú, Ortunho, Júnior Baiano, Viana, Rafael Vaz, Rodrigo

Volantes: Fausto (“Maravilha Negra”), Alfredo II, Alcir Portela, Zé do Carmo, Amaral, Felipe Bastos

Meias: Cecy, Ely do Amparo, Isaías, Rubens Josué da Costa, Laerte, Tinoco, França, Paulo Miranda, Vágner

Atacantes: Leônidas da Silva (“Diamante Negro”), Dener (“mistura do Guarrincha e do Pelé”), Romário (“chapa quente”), Pelé (“o atleta do século”), Amarildo, Paulo César Caju, Cláudio Adão, Vivinho (“jogador dos três chapéus”), Donizete (“pantera”), Viola, Tesourinha, Sabará, Livinho

Treinador: Zizinho (“Mestre Ziza”)

Presidente: Cândido José de Araújo