A maior sequência de goleadas do Clássico dos Milhões (sêxtupla coroa do Vasco no Flamengo)

Flamengo 4 x 3 Vasco (08/04/1945), última goleada do Flamengo antes da sequência sêxtupla de goleadas do Vasco;

Vasco 5 x 1 Flamengo (13/05/1945);

Vasco 4 x 3 Flamengo (06/10/1946);

Vasco 5 x 2 Flamengo (30/11/1947);

Vasco 5 x 2 Flamengo (21/08/1949);

Vasco 4 x 1 Flamengo (26/11/1950);

Vasco 5 x 2 Flamengo (03/02/1953);

Flamengo 4 x 1 Vasco (10/01/1954), quebra da sequência sêxtupla de goleadas do Vasco.

No intervalo de 13/05/1945 a 03/02/1953, o Vasco aplicou 6 goleadas no Flamengo, sem sofrer nenhuma goleada, recorde de goleadas consecutivas do Clássico dos Milhões, 6 (seis), sêxtupla coroa vascaína sobre o Flamengo.

Quádrupla coroa vascaína sobre o Flamengo

A primeira goleada da história do clássico dos milhões foi do Flamengo (3 a 0, em 19/06/1927), a segunda goleada do confronto foi do Vasco (3 a 0, em 03/06/1928), a terceira foi do Vasco (4 a 1, em 10/03/1929), a quarta foi do Vasco (7 a 0, em 26/04/1931, a maior goleada do clássico, em São Januário) e a quinta foi do Vasco (5 a 2, em 01/05/1934). Nas cinco primeiras goleadas do Clássico dos Milhões, placar de 4 goleadas a favor do Vasco (consecutivas) contra uma goleada a favor do Flamengo.

Ano com mais jogos entre Vasco e Flamengo

No ano de 1965, Flamengo e Vasco se enfrentaram nove vezes, tendo sido três vitórias do Vasco, três empates e três 3 vitórias do Flamengo, tendo acontecido o maior placar, nesse período, no jogo ocorrido em 22/01/1965, em que o Vasco venceu o Flamengo por 4 a 1 e conquistou o Troféu IV Centenário da Cidade do Rio de Janeiro, com o capitão Barbosinha erguendo a “Taça Viking”, após a elástica e brilhante vitória no jogo decisivo contra o rubro-negro carioca.

A maior vantagem de vitórias a favor do Vasco no Clássico dos Milhões

Nas décadas de 1920, 1930 e 1940 e início da década de 1950, até a vitória vascaína por 4 a 1 sobre o Flamengo, em 26/11/1950, o Vasco abriu a sua maior vantagem de vitórias em relação ao Flamengo, no histórico de confronto direto entre as equipes, sendo 44 vitórias vascaínas, 29 vitórias do Flamengo e 22 empates, desde o primeiro jogo entre as equipes em 26/03/1922. O Vasco abriu, então, nos primeiros 95 jogos com o Flamengo, uma ampla margem de 15 vitórias a mais que os rubro-negros. Nesse período, dos “Camisas Negras” e do “Expresso da Vitória”, o Vasco tinha a maior torcida do Rio de Janeiro e encantava o Brasil (tricampeão carioca invicto em 1945, 1947, 1949), a América (primeiro campeão sulamericano, em 1948) e a Europa (primeiro time carioca a excursionar à Europa, em 1931, conquistando sua primeira taça Internacional, Taça Myrurgia, na Espanha. Conquistou também, em 1947, em outra excursão vitoriosa, mais uma bela taça na Europa, a Taça Centenários, em Portugal).