Maior série (sequência) de invencibilidade em jogos disputados no exterior e em jogos internacionais (entre os times do futebol brasileiro)

O Expresso da Vitória alcançou a impressionante sequência de 29 partidas consecutivas disputadas no exterior, sem sofrer nenhuma derrota (um recorde entre os times brasileiros), no período de 14/02/1948 a 04/03/1954, construindo também outro recorde até hoje inigualável por uma equipe de futebol brasileira, no período de 09/01/1949 a 04/03/1954, incluindo jogos disputados no Brasil, com equipes de outros países, permaneceu 34 partidas internacionais sem derrota.

Maiores sequências invictas em jogos disputados no exterior (29 jogos, excluídas as partidas disputadas no Brasil) e em jogos internacionais (34 jogos, disputados no exterior e no Brasil):

*29/06/1947

Vasco 2 x 3 Atlético Bilbao (jogo disputado na Espanha) (última derrota antes do início da primeira série invicta, de 29 jogos seguidos invicto no exterior)

14/02/1948 (início da primeira série de invencibilidade, 29 jogos internacionais seguidos de invencibidade, considerando-se somente as partidas disputadas no exterior)

Vasco 2 x 1 Litoral (Bolívia) (jogo disputado no Chile) (jogo 1, série 1)

18/02/1948

Vasco 4 x 1 Nacional (Uruguai) (jogo disputado no Chile) (jogo 2, série 1)

25/02/1948

Vasco 4 x 0 Municipal (Bolívia) (jogo disputado no Chile) (jogo 3, série 1)

29/02/1948

Vasco 1 x 0 Emelec (Equador) (jogo disputado no Chile) (jogo 4, série 1)

07/03/1948

Vasco 1 x 1 Colo-Colo (Chile) (jogo disputado no Chile) (jogo 5, série 1)

14/03/1948

Vasco 0 x 0 River Plate (Argentina) (jogo disputado no Chile) (jogo 6, série 1)

10/06/1948

Vasco 2 x 1 Southampton (Inglaterra) (jogo disputado no Brasil, não contabilizado na série 1, que contabiliza apenas os jogos disputados no exterior)

01/09/1948

Vasco 3 x 5 Boca Juniors (jogo disputado no Brasil, não contabilizado na série 1, que contabiliza apenas os jogos disputados no exterior)

03/11/1948

Vasco 0 x 1 San Lorenzo (jogo disputado no Brasil, não contabilizado na série 1, que contabiliza apenas os jogos disputados no exterior)

09/01/1949 (início da segunda série de invencibilidade, de 34 jogos internacionais invicto, jogos no exterior e no Brasil)

Vasco 4 x 3 América (México) (jogo 7, série 1) (jogo 1, série 2)

16/01/1949

Vasco 4 x 3 Atlas (México) (jogo 8, série 1) (jogo 2, série 2)

20/01/1949

Vasco 6 x 1 Guadalajara (México) (jogo 9, série 1) (jogo 3, série 2)

23/01/1949

Vasco 8 x 0 Atlante (México) (jogo 10, série 1) (jogo 4, série 2)

27/01/1949

Vasco 2 x 0 Combinado Espanha-Asturias (jogo 11, série 1) (jogo 5, série 2)

30/01/1949

Vasco 2 x 1 Vera Cruz (México) (jogo 12, série 1) (jogo 6, série 2)

03/02/1949

Vasco 2 x 2 El Oro (México) (jogo 13, série 1) (jogo 7, série 2)

06/02/1949

Vasco 3 x 2 León (México) (jogo 14, série 1) (jogo 8, série 2)

10/02/1949

Vasco 4 x 0 Atlas (México) (jogo 15, série 1) (jogo 9, série 2)

13/02/1949

Vasco 0 x 0 Combinado Espanha-Astúrias (México) (jogo 16, série 1) (jogo 10, série 2)

15/02/1949

Vasco 2 x 1 Seleção da Guatemala (jogo 17, série 1) (jogo 11, série 2)

25/05/1949

Vasco 1 x 0 Arsenal (jogo disputado no Brasil) (jogo 12, série 2)

09/06/1949

Vasco 5 x 0 Rapid Viena (Áustria) (jogo disputado no Brasil) (jogo 13, série 2)

08/04/1951

Vasco 3 x 0 Penarol (jogo 18, série 1) (jogo 14, série 2)

22/04/1951

Vasco 2 x 0 Penarol (jogo disputado no Brasil) (jogo 15, série 2)

12/06/1951

Vasco 4 x 0 Arsenal (jogo disputado no Brasil) (jogo 16, série 2)

01/07/1951

Vasco 5 x 1 Sporting (Portugal) (jogo disputado no Brasil) (jogo 17, série 2)

05/07/1951

Vasco 5 x 1 Áustria Viena (Áustria) (jogo disputado no Brasil) (jogo 18, série 2)

08/07/1951

Vasco 2 x 0 Nacional (Uruguai) (jogo disputado no Brasil) (jogo 19, série 2)

24/11/1951

Vasco 3 x 0 Boca Juniors (Argentina) (jogo disputado no Brasil) (jogo 20, série 2)

25/01/1953

Vasco 4 x 4 Boca Juniors (Argentina) (jogo disputado no Brasil) (jogo 21, série 2)

01/02/1953

Vasco 3 x 3 Racing (Argentina) (jogo disputado no Brasil) (jogo 22, série 2)

29/03/1953

Vasco 0 x 0 Racing (Argentina) (jogo 19, série 1) (jogo 23, série 2)

01/04/1953

Vasco 2 x 1 Milionários (Colômbia) (jogo 20, série 1) (jogo 24, série 2)

05/04/1953

Vasco 2 x 0 Colo-Colo (Chile) (jogo 21, série 1) (jogo 25, série 2)

07/06/1953

Vasco 3 x 3 Hibernian (Escócia) (jogo disputado no Brasil) (jogo 26, série 2)

01/02/1954

Vasco 2 x 0 Deportivo Saprissa (Costa Rica) (jogo 22, série 1) (jogo 27, série 2)

03/02/1954

Vasco 1 x 1 C. S. Herediano (Costa Rica) (jogo 23, série 1) (jogo 28, série 2)

07/02/1954

Vasco 4 x 0 C.S.D Comunicaciones (Guatemala) (jogo 24, série 1) (jogo 29, série 2)

14/02/1954

Vasco 3 x 3 Puebla (jogo 25, série 1) (jogo 30, série 2)

21/02/1954

Vasco 5 x 2 C. D. Tampouco (México) (jogo 26, série 1) (jogo 31, série 2)

25/02/1954

Vasco 5 x 1 Necaxa (México) (jogo 27, série 1) (jogo 32, série 2)

28/02/1954

Vasco 1 x 0 Marte (México) (jogo 28, série 1) (jogo 33, série 2)

04/03/1954

Vasco 3 x 1 El Oro (México) (jogo 29, série 1) (jogo 34, série 2)

*07/03/1954

Vasco 1 x 3 Toluca (México) (fim da primeira série de invencibilidade, de 29 jogos invicto no exterior, que começou em 14/02/1948 e da segunda série, de 34 jogos internacionais invicto, que começou em 09/01/1949).