Mascotes vascaínos

Anos 1940:

“Caravela com o almirante”, com o detalhe de um “corvo” no alto de um mastro da caravela, criação de Otelo Caçador.

O “Almirante Português”, criação do cartunista Lorenzo Mollas.

Anos 1960: um “português”, representado por um homem de bigode grande, que calçava tamancos e que era um pouco acima do peso, uma homenagem aos comerciantes portugueses vascaínos do Rio de Janeiro. O personagem recebeu, assim, o nome de “Bacalhau”, simbolizando o vascaíno típico, com raíz lusitana, criação do cartunista Henfil.