Desempenho histórico dos times brasileiros no Mundial de Clubes

Mundial de Clubes (1960 a 2020)

1 – Santos (SP): 5 vitórias, 2 derrotas

2 – Corinthians (SP): 4 vitórias, 2 empates

3 – São Paulo (SP): 4 vitórias

4 – Vasco da Gama (RJ): 3 vitórias, 1 empate, 1 derrota

5 – Internacional (RS): 3 vitórias, 1 derrota

6 – Grêmio (RS): 2 vitórias, 1 empate, 1 derrota

7 – Flamengo (RJ): 2 vitórias, 1 derrota

8 – Atlético (MG): 1 vitória, 1 derrota

9 – Cruzeiro (MG): 1 empate, 2 derrotas

10 – Palmeiras (SP): 1 derrota

Mundial de Clubes (1960 a 2020, mais Pequena Taça do Mundo de 1956 e Primeiro Torneio de Paris de 1957, as únicas competições, antes de 1960, em que se reuniu o campeão europeu e o campeão sulamericano)

1 – Vasco da Gama (RJ): 8 vitórias, 2 empates, 3 derrotas

2 – Santos (SP): 5 vitórias, 2 derrotas

3 – Corinthians (SP): 4 vitórias, 2 empates

4 – São Paulo (SP): 4 vitórias

5 – Internacional (RS): 3 vitórias, 1 derrota

6 – Grêmio (RS): 2 vitórias, 1 empate, 1 derrota

7 – Flamengo (RJ): 2 vitórias, 1 derrota

8 – Atlético (MG): 1 vitória, 1 derrota

9 – Cruzeiro (MG): 1 empate, 2 derrotas

10 – Palmeiras (SP): 1 derrota

No ano 2000, dois Mundiais de Clubes (Mundial de Clubes da FIFA e Copa Intercontinental Europa/América do Sul)

Na decisão do Mundial de Clubes da FIFA de 2000, o Vasco da Gama (RJ) decidiu o título com o Corinthians (SP) nos pênaltis, com vitória da equipe paulista, após o jogo terminar empatado, no tempo normal, por 0 a 0. Já na Copa Intercontinental Europa/América do Sul, o Boca Juniors (Argentina) foi o campeão, após vencer por 2 a 1 o Real Madrid (Espanha).