As eleições para presidente do Vasco ao longo da história (das eleições diretas ao retorno às eleições diretas)

De 1898 a 1921, os presidentes do Clube de Regatas Vasco da Gama eram escolhidos de forma direta pelos seus sócios, da eleição de Francisco Gonçalves Couto Júnior (1898) à eleição de Antônio de Almeida Pinho (1921), um total de 21 presidentes diferentes. A partir de então, os presidentes do clube foram eleitos de forma indireta, pelos conselheiros do clube, um total de 23 presidentes diferentes. Em 2020, a eleição para presidente do Vasco da Gama voltou a ser de forma direta, tomando posse em 2021 o quadragésimo quinto presidente da história do Gigante da Colina, o vigésimo segundo através de eleição direta.